Barbacena, Sabará e Acre (Julho/2011)

24 de Julho

Eu me despeço de Sabará hoje, dia 24, depois de 6 dias de Congresso, festival, muito dialogo e evolução. Os dias foram intensos, corridos e muito divertidos. Fizemos a cobertura do festival, grupos de trabalho e alinhamos bastante o Festival Sem Paredes e a integracao dos Coletivos em minas. Foi formado o colegiado e definida a criação da Casa Fora do Eixo Minas, em BH.

Os caras do Cabruêra colocando o pessoal para dançar.

O festival contou com muita música, poesia e cinema, os sabarenses lotaram a praça e se divertiram. Foi o primeiro festival do circuito. O primeiro de muitos.
Gabriel Zambon

21 de Julho

Sai cedo, 5 horas da manha peguei o ônibus em Sabará para BH e depois para Confins.

Passei a manha viajando, e parei numa conexão em Brasília e, finalmente pousei em Rio Branco 11 da manha. Aproveitei para dormir nos voos depois de uma noite virada no #CongressoFEM.

Fui muito bem recebido pelo diretor Sérgio de Carvalho e pela fotógrafa Talita Oliveira, que nos levou para almoçar, e conhecer a produtora VT Publicidade.

Por do Sol no Acre

Ainda não conheci a Karla, daqui a pouco vamos nos encontrar.

Fomos convidados para uma festinha hoje, e a noite promete.

Gian Martins

18 de Julho

Tivemos um café da manhã com o grupo Ponto de Partida, o grupo funciona colaborativamente há 30 anos, gerindo e idealizando projetos como a Universidade Bituca, uma universidade livre de música que funciona de forma colaborativa com a participação de grandes nomes da música, o projeto Meninos de Araçuai, projeto que se criou com a inserção de crianças carentes do Vale do Jequitinhonha  em um coro, além de fantásticos espetáculos teatrais e música, usando a cultura como instrumento de desenvolvimento, transformação social e política.

17 de Julho

Vídeo cobertura do dia.

Hoje, Passamos a tarde na CAFE, fazendo um som.

Fred77

Fomos para a Estação Ferroviária, que serviu de locação para um ensaio fotográfico da Casa de Foto, aproveitamos para conhecer o cenário do festival Alambique do Rock, no qual, com certeza, voltaremos aqui em agosto.

Juliana Fotografando

Próximo a Estação

O Pablo e o Felipe chegaram a tempo de participar reunião geral do Fora do Eixo dessa semana, contando notícias muito positivas do Festival de Inverno de Ouro Preto e do Fórum de Cultura livre que ocorreu durante o evento.

Amanha vamos conhecer a Bituca, ação de formação do Ponto de Partida, grupo pioneiro na cultura em Barbacenense.

16 de Julho

Dia 16 passamos em casa, conversando com os amigos.

15 de Julho


O ritmo está intenso. Ontem, 15, o dia foi muito corrido, passamos o dia estruturando o festival e só conseguimos chegar as 10 da noite  em Barbacena.O clima da serra estava quente com a festa de inauguração da casa fora do eixo do Coletivo 77, a CAFE Barbacena está bem massa, estruturação qualificada na serra feita por nossos amigos barbacenenses. Montada sobre uma antiga escola, suas paredes exalam sua história, que está marcada pelas antigas fotos e na cor das páginas do livro da biblioteca.

A festa foi muito astral, papo fluiu embalado por um jazz muito bem executado acompanhado de xicaras de café e bolo. Nossa agenda mudou, vamos para Sabará só na segunda-feira, pois nesse mesmo dia vamos conhecer a Bituca e conversar com a galera do Ponto de Partida.

Vamo nessa?

Hoje os agentes do Coletivo Sem Paredes, Gian Martins e Gabriel Zambon caem na estrada para uma jornada de articulações, trabalho e também muita curtição. Todos podem acompanhar o conteúdo gerado aqui no site do coletivo. Será feita uma cobertura diária com vídeos, fotos e textos, atualizando todos do que está rolando pelas trilhas que passaremos.

Gian Martins e Gabriel Zambon

O primeiro destino é Barbacena. Sairemos de Juiz de Fora e iremos para a cidade dos caríssimos loucos na inauguração da Casa Fora do Eixo Barbacena, onde ocorrerá uma festa para comemorar mais esse passo do Coletivo 77, grande parceiro desde o começo de nossas ações. Gian e Gabriel ficarão por conta da intervenção audiovisual com video projeções que acontecerão na casa, dando continuidade às experimentações na área da montagem em tempo real realizadas pelo núcleo audiovisual do Coletivo.

Depois de curtir o friozinho intenso da serra, partiremos no domingo, dia 18, para Sabará, cidade do Coletivo Fórceps, onde ocorrerá o Festival Escambo, que abrirá o Circuito Mineiro de Festivais Independentes(CMFI), além de sua programação vasta de ações de formação e nas diversas linguagens artísticas que com certeza serão marcantes, esse ano, receberá também o Congresso do Fora do Eixo Minas. Momento muito esperado por todos mineiros do circuito, no qual todos os coletivos de minas se reunirão presencialmente para discutir, alinhar e encaminhar as ações para o CMFI.
Todos os membros do Coletivo estão focados na produção do Festival Sem Paredes, ação que virá para sacudir Juiz de Fora em Outubro. Em Sabará discutiremos e fecharemos os últimos detalhes desse sonho que está se realizando. Temos a ideia de construir esse festival junto com todos artistas e produtores interessados na cidade, de forma colaborativa. Por isso, se preparem que convocaremos a todos para discutirmos a construção dessa grande oportunidade de inserir Juiz de Fora nessa rota de cultura efervescente que o Brasil e o mundo se encontra.

O congresso só acaba no dia 24, entretanto, no dia 21 o Gian deixará o Gabriel representando o Coletivo nos Gts e vai pegar um ônibus de manhã partindo para o Aeroporto em Confins e embarcar para o Acre. Ele foi selecionado no Pregão Fora do Eixo do Clube de Cinema, oportunidade oferecida para os agentes da rede realizarem freelas remunerados. A missão do Sem Paredes é imergir na floresta depois de 10 horas de transporte terrestre e mais 15 de barco e fazer o Making Of do longa de animação de Sérgio Carvalho, na tribo dos Yanawanas, etnia indígena que tem dentre seus costumes, traços de desenhos corporais característicos e uma profunda conexão espiritual que são os elementos que conduzirão a criação do filme, tanto no drama quanto na estética. Nesse tempo no Acre,o Gian tentará escrever posts e mandar imagens e vídeos, porém não sabemos se haverá possibilidade para isso. Dia 25 Gabriel está de volta para Juiz de Fora e detalhará o desenvolvimento do projeto Festival Sem Paredes. Gustavo Araújo é o membro do coletivo que ficará na base, em JF e manterá tudo em seus trilhos e em suas evoluções.

Galera, aguardem novos posts e vamos seguir juntos nessa viagem de crescimento do coletivo e de todas as pessoas ao redor. Apertem os cintos e bem-vindo a bordo.

  1. #1 por Jonas II em 15/07/2011 - 13:44

    curti! galera ta animadissima pro festival em outubro e decerto compareceremos em peso! parabéns pelo trabalho, rapeize.

  2. #2 por Cleiton Ribeiro em 15/07/2011 - 14:42

    boa viagem galeraaa!!

  3. #3 por Amanda Faulhaber em 16/07/2011 - 13:42

    Boa viagem meninos!
    Vai ser uma aventura incrível! Tô doida pra saber já como está sendo em Barbacena!!!

  4. #4 por Alberta em 16/07/2011 - 18:56

    Adorei!!! Total!!

  5. #5 por Jefferson Steiner em 16/07/2011 - 19:15

    Foda irmãos! Toda sorte na jornada! Keep walkin’!

  6. #6 por Margô em 18/07/2011 - 22:28

    Gian, estou superfeliz por vc.O trabalho e a viagem juntos…Muito a ganhar e a contribuir.Vou te acompanhando por aqui.Adorei a ideia do diário. Beijão !!!

  1. Diário de Bordo – Nova Seção no Site! « coletivosemparedes
  2. Diário de Bordo (2) « coletivosemparedes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Twitter Sem Paredes

    Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: