Polifonicamente correto

Depois de escutar a discotecagem do Vinil é Arte e o som da banda Radiocafé, o pessoal do Grito Rock JF curtiu a banda Graveola e o Lixo Polifônico!

Definido pelos próprios integrantes do grupo como uma “oficina de experimentação”, a galera dançou, cantou junto e, acima de tudo, compartilhou essa energia gostosa que reveste todo o festival!

A banda surgiu em 2004, nos corredores da UFMG, sem grandes pretenções. Quem diria que em 2009 eles ingressariam no mercado independente, e conquistariam vários paqueradores. Com grande irreverência e atitude, criam um som que explode experimentalismo! A polifonia não fica restrita apenas ao nome da equipe. Ela se faz presente no palco, nos convida a dançar e faz um apelo para que adicionemos a banda às nossas futuras playlists.

Uma mistura incrível de vários ritmos – samba, pop, rock e muitos outros, que nao cabe à ninguém definir – promovem uma verdadeira colagem musical, um resultado dançante que embala o público e faz o nosso Grito Rock de fato gritar por: “mais um!”.

, , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: