A Nova Música Brasileira

A música brasileira vive um momento de proposperidade absoluta, talvez o momento mais próspero da história, digo isso sem desqualificar as produções do passado, mas vejo toda a produção passada acumulada com essencial para o atual cenário ter a forma que está tomando, pois toda a referência histórica somada ao contexto social e tecnologico, do compartilhamento de informação e conteúdo, permite os artistas recebem as mais variadas referências.

Esse momento é a era do Remix, estilos variados transversam, os artistas são influenciados a todo momento pelo meio em que se encontram, e ao mesmo tempo, devolvem seu recorte para somar uma nova visão do todo.

Toda essa diversidade, não poderia dar um resultado menos genial, mas uma genialidade diluída, sem um grande mestre centralizador, mas com discos diários, sempre carregados de nunaces geniais dentro do estilo proposto.

Junto com esse panorama de produção artistica surge também, os novos meios para essa arte se difundir e circular, os Festivais e Noites por todo o país, feitos, grande parte, de forma colaborativa, com tecnologias de produção compartilhadas, oriundos igualmente do remix, assumiram o papel das rádios, onde a apresentação do artista nas mais variadas localidades se torna essencial para seu crescimento.

Turnês dos mais variados tamanhos cruzam o país ligando pontos a ponto, passando pelos mais diversos interiores desse país continental que historicamente centraliza-se no sudeste. Hoje é possível uma banda do Acre fazer uma turne que saia de seu estado natal e chegue ao sul!

Junto com essa nova realidade, surge um novo pensamento em relação ao dinheiro, e ao valor dos produtos. O disco, não pode ser mais visto como financiador da carreira dos artistas, mas sim, um cartão de visita que está na internet, e o número de downloads é um indicador para produtores que produzem shows de música independente e entram no risco pelo novo.

O sucesso hoje é pagar as contas no fim do mês, acabou a história de artista que explode no mainstream e se dedica exclusivamente a jogar video-game e fumar maconha, enquanto terceiros com fins de enrriquecer trabalham para gerir essa carreira. Hoje a auto-gestão é essencial, e a propositividade se torna pré-requisito para se dar bem.

O melhor de tudo disso, é a possibilidade de se fazer o som de coração, o artista pode fazer o que realmente acredita, pois tão diversa quanto as produções está o público, e tudo q é feito de forma sincera e autêntica tem chance de cavar seu espaço com velocidade.

Para concluir, colocamos em destaque 10 discos disponíveis para download, esse post foi inspirado no blog do Lafaiete Júnior, que colocou 50 discos, e então resolvemos fazer o nosso recorte que acho que ele acerto na mosca, e mostrar em texto.

Graveola e o Lixo Polifônico – Eu preciso de um liquidificador

4 Instrumental – 4.1

Aeromoças e Tenistas Russas – Kadmirra

Bixiga70 – Bixiga70

Cícero – Canções de apartamento

Gui Amabis – Memórias luso/africanas

Humanish – Humanish

Julgamento – Muito além

Macaco Bong – Verdão e verdinho

Nevilton – De verdade

, , , , , , , , ,

  1. #1 por Nana Rebelatto em 06/02/2012 - 11:14

    A nova cara da música brasileira realmente me empolga. Sair de casa ver o show de um novo artista, com músicas autorais de excelente qualidade, me surpreende, pois já “não se fazem músicas como antigamente”. E não mesmo. Mas esse dito popular tem uma nova cara, pelo menos pra mim. Porque se antigamente se fazia bom som, hoje também estamos lá, mas numa nova corrente… E o melhor é que além de preocupação com suas canções, os músicos cada vez mais se preocupam com identidade e atitude.
    Viva a música autoral de qualidade!!

    OBS.: Esses discos para baixar são muito ASTRAL!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: