Oportunidades para o audiovisual no Brasil

Nesse começo de 2012, abriu-se dois editais para os cineastas e produtores audiovisual. Um edital de produção de obras inéditas da SAV(secretária do Audiovisual) e um edital para compra de licenças de documentários média metragem para serem exibidos na TV Câmara.

A Secretaria do Audiovisual abriu editais para produção de obras Audiovisuais Cinematográficas do Gênero Documental inéditas; para o Apoio ao Desenvolvimento de Roteiros Cinematográficos Inéditos, de Ficção para Roteiristas Estreiantes e um para Profissionais; para Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Inéditas de Curta Metragem; e para Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Cinematográficas de baixo orçamento

Esses editais foram para consulta pública pela internet, no ano passado, e o Clube de Cinema fez um Observatório Fora do Eixo para analizar os editais ao vivo, num debate amplo com participação de várias regiões do país foi redigido um documento, com proposições para tornar esses editais mais acessíveis e alinhados com a nova realidade da cultura no brasil, foi proposto tirar requisitos referentes a gravação em pelicula; distribuir mais o recurso de forma a contemplar mais propostas sem estabelecer um numero de projetos que serão aprovados; conectar o produto gerado por esses editais com os circuitos de exibição independentes muitas vezes incentivados por programas do próprio governo federal como o Cine Mais Cultura e a Programadora Brasil; garantir como contrapartida do projeto a aplicação de no mínimo 30% da verba em um plano de comunicação e distribuição dos filmes gerados; entre outras propostas.

Link do documento

Há um debate polêmico nas redes sociais sobre o edital de Obras Audiovisuais Cinematográficas de Baixo Orçamento, que desde 2000 é tradicionalmente um edital para longas metragens, e deu origens a filmes como “Malu de Bicicleta” de Flávio Ramos Tambellini e “Sudoeste” de Eduardo Nunes; virou um edital de médias, por conta dos recursos desse ano virem do Fundo Nacional de Cultura (FNC), que segue as regras da Lei Rouanet e não permite a produção de longas metragens.

E as polêmicas não param por ai, a contrapartida dos projetos também está gerando muitas dúvidas nos que pretendem propor projetos pois exige-se de que os vencedores do edital arquem com 20% dos custos do projeto, em todos os novos editais.

Mais uma vez, a regra surge por conta de as verbas terem origem no FNC. Como o próprio MinC esclareceu em seu site no último dia 4, a exigência está prevista na Lei 8.313/91. “Ela (a contrapartida) poderá ser oferecida por meio de recurso financeiro, bens ou serviços prestados para o desenvolvimento do próprio projeto, por exemplo: a digitação do roteiro, a revisão gramatical, a tradução do roteiro, o aluguel de set de filmagem, o aluguel de sede de produção, pesquisas, etc.”, diz a nota do ministério.

Uma outra possibilidade para os cineastas é o lançamento pela TV Câmara do segundo edital para comprar a licença de exibição de 42 documentários de média-metragem. A emissora vai pagar R$ 5.000,00 para ter o direito de exibir as obras audiovisuais em sua programação por 24 meses.

O Edital é bem abrangente e não tem muitas limitações em relação ao formato de gravação, ou necessidades de premiação ou comprovação de distribuição para salas ou festivais, porém sendo esse um critério que pode dar ums pontos mais na avaliação.

Os filmes selecionados podem ser exibido ilimitadamente no periodo de tempo proposto.

Confira todos os editais:
Edital da TV Câmara

Edital de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Cinematográficas do Gênero Documental inéditas

O Edital de Apoio ao Desenvolvimento de Roteiros Cinematográficos Inéditos, de Ficção para Roteiristas Estreantes

O Edital de Apoio ao Desenvolvimento de Roteiros Cinematográficos Inéditos, de Ficção para Roteiristas Profissionais

O Edital de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Inéditas de Curta Metragem

O Edital de Apoio à Produção de Obras Audiovisuais Cinematográficas

, ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: