Semana do Audiovisual do Rio de Janeiro

Semana passada, entre os dias 25 a 30 de outubro, aconteceu a Seda RJ (Semana do Audiovisual do Rio de Janeiro). Foi uma semana bem intensa, que contou com a presença de dois agentes de primeira viagem do Coletivo Sem Paredes os relatos pessoais você acompanha aqui.

As SEDAs são iniciativas do circuito Fora do Eixo e têm, em geral, o objetivo de fortalecer, divulgar e desenvolver a cena audiovisual independente das cidades ou regiões pelas quais passam. São ações que acontecem por todo o país de forma integrada, sempre contando com a presença de agentes do circuito, formando agentes locais para a colaboração.

A do Rio de Janeiro, em especial, contou com uma programação baseada bastante em mostras e com a junção ao Soltec (Festival de Tecnologias Socias e Economia Solidária). Dentre as ações da semana, estiveram presentes muitas mesas de debates, oficinas e a feira de economia solidária (Espaço Solidário do Artesão), onde a banquinha Fora do Eixo também marcou presença com seus livros, CD’s e DVD’s de artistas independentes.

Realizou-se também, nessa mesma programação, uma oficina de Audiovisual na Escola Municipal Raul Francisco Ryff, no bairro Senador Camará. Lá as crianças assistiram a exibição do curta: “O Talismã“, que também foi produzido por crianças em uma oficina na Seda de São Carlos. Elas também tiveram a oportunidade de rapidamente escolher os atores, roteiro e gravar seu vídeo, que está sendo editado.

Um dos pontos altos e fortes da Seda RJ foi o Observatório Fora do Eixo. Uma mesa redonda que foi capaz de unir os principais poderes relacionados à produção e distribuição audiovisual dentro da cidade e do estado Rio de Janeiro. Contou com a presença de diversos vereadores, agentes da Rio Filmes e do Centro Técnico de Audiovisual (CTAv), além de um deputados federais e outros setores do Estado.

A reunião abordou a distribuição financeira, a participação e o incentivo aos meios independentes na produção de longas e curtas, culminando em uma proposta de maior diálogo.

O fechamento da Seda Rio ocorreu com uma mostra no domingo pela manhã ao ar livre e, a noite, com uma entrevista ao vivo de uma das figuras presentes dentro do cenário audiovisual carioca: o cineasta, palhaço, maluco e anarquista-punk-digital Godô Quincas, assista aqui.

A cobertura completa do evento foi divulgada através do site sedario.wordpress.com, contando com um acervo de fotos e vídeos passíveis de serem acessados a qualquer momento.

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: