Arquivo de maio \29\UTC 2011

Quem tem SEDA? Juiz de Fora tem!

         Salve galera do audiovisual e amantes do cinema, a SEDA chegou a JF!

Entre os dias 6 e 11 de junho, a Semana do Audiovisual movimenta Juiz de Fora  com mostras, oficinas, mesas redondas, e muito mais. As oficinas, que serão realizadas na Casa de Cultura da UFJF, têm como objetivo colaborar para a formação de um pólo audiovisual regional, propondo a interação entre grandes nomes do Audiovisual Nacional aos agentes locais, contanto ainda com a participação de gestores nacionais do Circuito Fora do Eixo.

As mesas redondas serão realizadas, na parte da tarde, no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas. Já as mostras acontecerão no Cinearte Palace.  E para terminar em grande estilo o Pacotinho de Seda, traz a estreia do Fora do Eixo ao Extremo numa parceria com o Festival de Bandas Novas.  O Pacotinho é uma festa que propõe a interação do cinema com outras linguagens artísticas, principalmente a música. No enceramento da SEDA, no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas. Neste ano, cerca de 40 cidades devem realizar o festival, que é construído de forma colaborativa, coletiva e orgânica. Teve sua primeira edição, realizada pelo Espaço Cubo, na cidade de Cuiabá. O projeto tem como principal característica o fomento do cenário audiovisual local, e promoção de trocas em âmbito nacional entre profissionais e de conteúdos.

As inscrições já estão sendo feitas pelo site do festival, onde você também encontra toda a programação.

                                   Sejam bem-vindos e aproveitem a SEDA!

                                              www.sedajf.wordpress.com

, , , , ,

Deixe um comentário

Entrevista com a Tereza

Você conhece a banda Tereza? Os caras mandam um som da melhor qualidade, e estão circulando por 5 cidades de Minas, na Turnê Fora do Eixo Minas. Você pode ouvir o som dos caras clicando aqui enquanto confere a entrevista que a gente fez com a banda.

Como surgiu a banda?

Somos amigos de infancia e resolvemos começar a banda assim que entramos na faculdade. O nome da banda é em homenagem à Tereza, uma amiga nossa do colégio. No ano passado decidimos trancar a faculdade para nos dedicarmos à banda.

Como surgiu a relação da banda com o FdE?

A partir do coletivo Ponte Plural, do Rio. Conhecemos alguns membros do coletivo no final de 2009 e no ano seguinte começamos a trabalhar juntos e a fazer shows fora do estado, criando uma rede de contatos mais ampla, junto ao Circuito Fora do Eixo.

Nossa primeira circulação através da rede foi no Grito Rock do ano passado, quando fomos para Cuiabá e conhecemos todo o processo do Espaço Cubo. Depois disso, já circulamos por todas as regiões do país e participamos de vários festivais independentes como o Calango (Cuiabá/MT), Macondo Circus (Santa Maria/RS), Big Bands (Salvador/BA) e outros.

Estamos muito satisfeitos com o resultado de nossa relação com o Circuito Fora do Eixo.

Como vocês se sentem ao ser a banda que inaugura uma nova rota do Fora do Eixo em Minas?

Nos sentimos muito bem. É muito legal ver que essa rota integrando novas cidades e ampliando as possibilidades de intercâmbio de artistas.

EP da Tereza, "el TOPO"

Qual a expectativa da banda pra turnê?

A melhor possível,  pois é uma ótima oportunidade para formarmos público nessas cidades. Minas Gerais e Rio de Janeiro são estados muito próximos e tem muito em comum, então é muito interessante participar desse tipo de circulação.

O que vocês gostam de ouvir?

Gostamos de ouvir Foo Fighters, The Police e etc. O nosso som tem muita influência do indie rock pós 2000, com um pouco de country e britpop dos 80 e música brasileira.

O que a banda tá planejando para o futuro?

Muitos projetos. Esse ano lançamos nosso primeiro clipe em março, no Grito Rock Rio de Janeiro, no Circo Voador. Em breve vamos lançar um EP novo e estamos programando ótimos shows pelo Brasil.

É sábado, galera! Vamo bombar o Muzik com a sonzera da Tereza e da Lumière!

, , ,

Deixe um comentário

Compacto.Rec de maio – SERTANILIA

Neste mês o Compacto.Rec traz o  regionalismo e a cultura popular do Sertanilia, grupo que apesar do pouco tempo de existência, vem se destacando na cena musical baiana, além de já ter se apresentado fora do Brasil na Fnac – Coimbra e na Fnac – Chiado (Lisboa – Portugal).

O Compacto.Rec

O Compacto.Rec é um projeto de lançamento mensal de álbuns virtuais em rede, com o objetivo de estimular a circulação e distribuição de bandas da cena independente latino americana. O trabalho é uma realização do circuito Fora do Eixo, uma rede de trabalhos colaborativos e os agentes que integram a equipe são oriundos dos mais distintos lugares do país que, através da internet, trabalham em conjunto executando toda a pré-produção do Compacto.Rec: uma compilação com músicas, letras, release, fotos, vídeo, banners e avatares,  divulgados em todos os veículos de comunicação integrados a rede.

Desde 2007 o Compacto vem trazendo lançamentos diversificados em muitos aspectos e principalmente em estilo musical, agrupando um rico acervo cultural que atrai visitantes de todo o Brasil. Só em 2009 foram mais de vinte mil downloads no ano. Já passaram pelo site bandas renomadas como Porcas Borboletas, Nevilton, Diego e o Sindicato, o rapper Linha Dura e outros. Em outubro de  2010, o Compacto.Rec expandiu mais uma vez suas fronteiras com o primeiro lançamento internacional, o álbum “YYY” da banda Falsos Conejos de Buenos Aires (ARG), além de ter sido recentemente contemplado pela Bolsa Funarte de Reflexão Crítica e Produção Cultural para Internet. Já em 2011, o projeto começou o ano com Os Barcos, lançando em seguida as bandas Cidadão Comum, Maglore e Os Rélpis. E em junho será lançada a Edição especial Compacto.Rec Funarte.

A Banda & O Disco

Sertanília é um grupo musical que busca uma sonoridade nova e o desafio de realizar a união do erudito à música popular do sertão. Composto por Aiace Felix (vocalista),  Leilane dos Santos (violoncelo), Anderson Cunha (viola, violões e bandolim), Diogo Flórez (percussão) e Tainnã Chagas (percussão) foi formado em 2010 com a proposta de fazer música essencialmente brasileira, tendo o Sertão como tema; para tanto, recupera canções, poesias sobre o sertão, além de construir um trabalho autoral que faz referência direta a esse lugar e à sua gente.

O grupo lança agora pelo Compacto.Rec o seu álbum com mais uma música extra, “Pombinha do Céu”, essa que é uma música do Sertanília composta por Anderson Cunha e é um côco, ritmo tradicional do sertão, porém, traz alguns elementos de maracatu, o que dá um ar diferente e mais vigoroso. A letra fala da dor da separação e de um amor que se foi, mas ao mesmo tempo, lembra que quando é verdadeiro, o amor não tem casa nem dono. Nunca morre, mesmo com a distância. A música faz parte do disco do Sertanília em gravação e previsto pra ser lançado no segundo semestre..

O Sertanília dialoga, musicalmente, com as heranças musicais e literárias do sertão brasileiro, vasta região que compreende o Nordeste do Brasil, o Noroeste de Minas Gerais, o Sudoeste da Bahia e o Sul de Goiás, e compõe uma música inspirada em temas e motivos próprios do universo “sertanês”, buscando referências na música tradicional do sertão brasileiro, com privilégio para o uso de instrumentos de corda e percussão.

Clique aqui e confira o Compacto.REC desse mês!

, , ,

Deixe um comentário

Conheça as bandas da próxima Noite Fora do Eixo: Tereza e Lumière

A próxima Noite Fora do Eixo em Juiz de Fora contemplará o melhor da nova geração do rock nacional. A quarta data da Turnê Fora do Eixo Minas contará com a Tereza, banda vinda lá de Niterói (RJ), e com a juizforana Lumière. Vamos conhecê-las?

Tereza


A banda Tereza começou em 2008. Com um som bem marcado pelo indie rock, country e pelo britpop, o quinteto já fez turnês passando por Belo Horizonte, Cuiabá e São Paulo.  O grupo foi campeão do Festival Universitário, organizado pela MTV no ano passado. Eles tem 2 EPs lançados, e estão gravando o primeiro CD, na Toca do Bandido.

Pra dar aquele confere no som dos garotos, clique aqui.

Lumière


A prata da casa, Lumière,  começou em março do ano passado. Nesse meio tempo, eles lançaram um EP, e tocaram em vários lugares de Juiz de Fora. Com um rock feito pra dançar com um leve tempero sertanejo, eles tem conquistado cada vez mais público e prometem um show envolvente. No futuro, a banda pretende lançar seu primeiro CD.

Pra ouvir a Lumière, clica aí!

Já viu que a coisa é fina, não é, minha criança? Aparece lá no Muzik no sábado, que o rock vai ser quente!

, , , ,

Deixe um comentário

Turnê Fora do Eixo Minas

Por Música Fora do Eixo

O Fora do Eixo Minas vem se organizando cada vez mais enquanto regional e lança em maio a primeira mini-turnê dentro do estado. A rota foi disponibilizada no TNB e foram abertas inscrições para bandas de todo país. A banda escolhida circulará por 5 dias em 5 cidades com o apoio local dos coletivos mineiros.

A intenção da turnê é minimizar os custos para a banda e ao mesmo tempo proporcionar uma circulação satisfatória que permita mostrar o trabalho da banda em várias cidades. A rota é toda pensada de forma estratégica, tanto com relação a dias quanto a distâncias.

Desta vez , quem “tá na roda” é a banda carioca TEREZA.

Os coletivos mineiros do Circuito Fora do Eixo se organizam para receber a banda com seu indie rock despojado, apresentações energéticas e muito bom humor.

A seleção da banda TEREZA aconteceu através da plataforma Toque No Brasil, que abriu inscrições, para bandas que quisessem concorrer a vaga. A curadoria aconteceu de forma conjunta entre agentes dos coletivos de Minas Gerais.

Durante 5 dias, a banda irá circular pelas cidades Belo Horizonte, Sete Lagoas, Vespasiano, Juiz de Fora e Poços de Caldas. A turnê começa em Belo Horizonte com produção do coletivo Pegada, simbolicamente em um dos maiores redutos da música independente mineira, A Obra Bar Dançante; depois segue por Sete Lagoas, no Opinião Pub, com o coletivo Colcheia capitaneando a noite; a seguir temos Vespasiano, casa do coletivo Vatos ocupando o espaço Café com Banana; o sábado fica reservado para Juiz de Fora, onde o coletivo Sem Paredes abre as portas do Café Muzik para receber a banda; por último e nada menos importante, os tradicionais domingos no New York Pub de Poços de Caldas servirão de palco para a última parada da tour.

O Fora do Eixo Minas vem realizando turnês integradas em Minas Gerais desde 2009, se utilizando de diversas plataformas (Circuito Mineiro de Festivais, Grito Rock, Noites Fora do Eixo) criadas com o intuito de atender a grande demanda de circulação dos artistas inseridos no contexto da nova música brasileira. Nessa perspectiva, a ferramenta do Toque no Brasil e seu processo inovador no país, coloca as bandas em contato direto com os produtores, o que é fundamental para a construção de uma sustentabilidade dentro do cenário independente. Nos meses seguintes, serão realizadas mais turnês dentro do estado. E a próxima traz a revelação goiana, Gloom.

Programação:

18/05

Belo Horizonte

A Obra Bar Dançante

19/05

Sete Lagoas

Opinião Pub

20/05

Vespasiano

Café com Banana

21/05

Juiz de Fora

Café Muzik

22/05

Poços de Caldas

New York Pub

, , , , , , ,

Deixe um comentário

Fora do Eixo na Revista Trip!

Em matéria que ocupa sete páginas da edição de maio da revista Trip, o repórter e fotógrafo Bruno Torturra Nogueira retrata a rede do Circuito Fora do Eixo ilustrando com a Casa de Vivências e sede nacional da rede instalada em São Paulo, na Casa Fora do Eixo. A reportagem inclui artigos de Alê Youssef e Ronaldo Lemos e trata principalmente do debate de políticas públicas na área da cultura e da revolução de comportamento proposta pelo Fora do Eixo.

 

Clique aqui e leia a matéria na íntegra.

Deixe um comentário

A Semana do Audiovisual recebe sua primeira edição em Juiz de Fora.

De 06 a 11 de junho de 2011 a SEDA realiza mostras de curtas e longas, oficinas, conferências e debates, sempre com o foco na formação dos agentes locais. Através de shows, exposições, teatro, dança, e outras atividades, a SEDA busca promover também a intersetorialidade do audiovisual com outras linguagens artísticas. A SEDA é uma realização do Coletivo Sem Paredes, o CineClube Bordel Sem Paredes e o Clube de Cinema Fora do Eixo.

A SEDA JF já está na internet, confira!

http://sedajf.wordpress.com/

, , , , , , , ,

Deixe um comentário